Cuidar das framboesas remanescentes para conseguir uma boa colheita


Recentemente, mais e mais jardineiros começaram a plantar variedades remanescentes de arbustos de frutas em seus terrenos pessoais. A framboesa remanescente ganhou popularidade especial. Uma característica de todas as variedades remanescentes é que, com os devidos cuidados, podem dar duas ou até três colheitas por safra. Cuidar de framboesas remanescentes não é um processo particularmente trabalhoso. Neste artigo, forneceremos dicas úteis sobre como cultivar, cuidar e podar framboesas remanescentes para que produzam uma excelente colheita.

Dicas de plantio

Visto que as framboesas remanescentes, sujeitas a certas regras e dicas, podem render colheitas duplas ou triplas, elas têm certos requisitos para os seus cuidados.

Todo jardineiro sabe que o local de plantio desempenha um papel fundamental no rendimento subsequente da planta. Essas framboesas não são exceção. Então, vamos descobrir quais condições devem ser atendidas ao plantar variedades remanescentes de framboesas.

Jardineiros experientes dão as seguintes dicas sobre este assunto:

  • é necessário plantar tais framboesas em um lugar ensolarado. Uma característica distintiva das variedades remanescentes das comuns é que mesmo um leve escurecimento pode retardar o amadurecimento das bagas e reduzir o rendimento geral do arbusto;
  • o local onde as framboesas remanescentes crescerão deve ser aquecido. Portanto, você precisa pousar no lado sul de seu terreno pessoal. Aconselha-se a plantar framboesas perto de vários edifícios: casas, um celeiro, uma cerca. Nesse caso, você salvará a planta de correntes de ar indesejáveis ​​e também ajudará a criar um clima adequado para framboesas.

Alguns jardineiros recomendam o plantio de uma planta em locais onde a neve derrete mais rapidamente na primavera e o solo se aquece, geralmente esses locais são encontrados nas bordas dos jardins.

Se a variedade remanescente de framboesas foi plantada em local adequado, o amadurecimento dos frutos ocorrerá muito mais cedo e o rendimento aumentará.

Se você mora em um clima quente, regras completamente diferentes se aplicam. É necessário plantar framboesas remanescentes em locais ligeiramente sombreados e mais frios.

Você pode plantar variedades remanescentes em qualquer solo, mas acima de tudo, essas framboesas preferem solos férteis e soltos. No caso do húmus e da turfa do solo, os arbustos são muito altos e, muitas vezes, precisam ser escorados. Em todos os outros aspectos, a composição química do solo não afeta o tempo de maturação dos bagos, bem como o seu sabor. Esses indicadores são afetados apenas pela presença de nutrição vegetal no processo de seu crescimento.

Você não pode plantar esta planta no lugar onde as seguintes safras de erva-moura cresceram no ano passado: pimentão, tomate, berinjela, batata.

É estritamente proibido plantar framboesas em locais onde já tenham crescido. Isto se deve ao fato de que o solo no local de crescimento prolongado das framboesas apresenta sinais de “fadiga do solo”, que ocorre devido ao esgotamento gradual do solo, principalmente de minerais.

Simultaneamente com o esgotamento do solo, certas substâncias se acumulam nele, que são secretadas pelo sistema radicular das framboesas remanescentes. Eles inibem o crescimento de plantas recém-plantadas. Nesses lugares, você só pode replantar framboesas depois de cinco ou sete anos.

Para um melhor rendimento, recomenda-se manter o solo em “pousio” por um ano antes do plantio das mudas. Também foi notado que este tipo de planta cresce e frutifica melhor após as plantações de adubo verde (essas são aquelas plantações verdes que geralmente são semeadas no solo para aumentar e melhorar a fertilidade). As plantações de adubo verde incluem tremoço, mistura de ervilhaca e aveia, mostarda branca, phacelia, mostarda e grama sudanesa.

Esta framboesa é considerada uma planta que ama a água, mas não tolera inundações e níveis elevados de lençol freático. Este último não deve estar a menos de 1-1,5 m da superfície da superfície.

Também é aconselhável cavar um local a uma profundidade de cerca de 60 cm. Na hora de plantar mudas individuais, é necessário cavar um buraco com a mesma profundidade. Metade de um balde de húmus é adicionado ao fundo do buraco. Alguns jardineiros aconselham a aplicação de fertilizantes em profundidades maiores.

O sistema radicular das variedades remanescentes é mais sensível à presença de cloro nos fertilizantes. Portanto, apenas misturas sem cloro devem ser adicionadas sob ele. Os fertilizantes de cloro podem ser aplicados ao solo apenas no outono.

O plantio de mudas remanescentes geralmente é realizado na primavera. Eles são plantados somente depois que a água do degelo removeu o cloro do solo.

Se você plantar mudas na primavera, antes disso, você precisa escavá-las em uma posição inclinada para o inverno e despejar palha ou serragem por cima.

As mudas também podem ser plantadas no outono - na última década de setembro ou início de outubro, simultaneamente ao plantio de bulbos de tulipas.

Você precisa plantar em arbustos ou fileiras a uma distância de um metro de outras plantas.

Em todos os outros aspectos, o plantio e o tratamento subsequente das framboesas remanescentes praticamente não diferem das variedades comuns. Os fertilizantes são aplicados no buraco cavado, uma muda é colocada nele e a terra é pisada. Depois disso, a muda deve ser regada em abundância.

Regras básicas de cuidado

Após o plantio, é necessário cuidar bem das framboesas remanescentes para que frutifiquem na perfeição. Caso contrário, se o cuidado for incorreto ou insuficiente, o rendimento do arbusto não será diferente das variedades comuns.

Regras básicas de atendimento:

  • não solte o solo sob as framboesas, pois seu sistema radicular chega perto da superfície. Apenas a cobertura morta é permitida para prevenir ervas daninhas;
  • a planta deve ser regada abundantemente ao longo da temporada. A rega abundante é especialmente necessária durante a frutificação;
  • a alimentação deve ser realizada na marca com fertilizantes complexos. Isso melhorará as características dos frutos: serão grandes e em grande quantidade;
  • no verão, rebentos de raiz e rebentos em excesso devem ser removidos;
  • a alimentação durante o período de floração e até o final da frutificação no outono é realizada com fertilizantes contendo superfosfatos e sulfatos de potássio;
  • medidas preventivas para evitar danos à planta por várias doenças fúngicas (por exemplo, podridão cinzenta e oídio) são realizadas em abril. Isso inclui o tratamento dos brotos com líquido bordalês;
  • o combate a diversas pragas é feito com a ajuda de produtos biológicos durante o período de floração.

Alguns jardineiros aconselham pular a primeira colheita, pois os frutos da segunda colheita terão características de sabor superiores. Caso contrário, os frutos da segunda colheita serão um pouco pequenos e não tão saborosos.

Assim, conhecendo as regras de cultivo e cuidados com as framboesas remanescentes, obterá uma excelente colheita.

Como aparar?

Nem o último lugar no cuidado dessas variedades de framboesas é ocupado por sua poda. Ao contrário das framboesas normais, as variedades remanescentes exigem uma opção de poda leve.

A poda é considerada quase o principal elemento de cuidado, pois permite ajustar parâmetros tão importantes para uma fruteira como ventilação, iluminação, cobertura e umidade do solo.

Dicas para podar framboesas remanescentes:

  • é melhor realizar as manipulações necessárias em outubro-novembro, após a coleta de todas as bagas;
  • você pode cortar todos os brotos anuais depois de darem frutos;
  • os brotos anuais são cortados em cânhamo.

Esquema de poda de framboesas remanescentes

A poda de outono simplifica muito o cuidado subsequente com as framboesas remanescentes, pois permite proteger os brotos de pragas e doenças que hibernam neles. Mas na primavera (em abril), apenas a poda sanitária precisa ser realizada. Em maio, pode-se fazer um beliscão adicional na ponta do broto, o que adiará a frutificação para uma data posterior.

Controle de pragas

Um lugar especial no cuidado dessas framboesas é ocupado pelo controle de pragas. Já tocamos um pouco neste tópico nas seções anteriores. Agora vamos considerar esse problema com mais detalhes.

Em comparação com as variedades comuns, as framboesas remanescentes são altamente resistentes a várias pragas e doenças. Mas medidas para combatê-los ainda precisam ser executadas, embora não em volumes tão expressivos.

Medidas de controle de pragas:

  • colocar arbustos desta variedade longe de outras plantas, especialmente de framboesas comuns, protegerá as flores do besouro da framboesa e da larva branca. Caso contrário, será necessário tratar as flores com preparações inseticidas;

  • as folhas são protegidas das lagartas alimentando as plantas com fertilizantes de fósforo e potássio ou realizando-se tratamento químico;
  • os ácaros da aranha são combatidos com enxofre coloidal, tinturas de alho e cascas de cebola;

Deve ser lembrado que durante o período de floração não se deve fazer o processamento químico da framboesa, caso contrário, substâncias tóxicas entrarão nos frutos.

Na maioria dos casos, o controle de pragas é feito por um método biológico com a utilização de insetos: joaninha, crisálida, larvas de hoverflies, libélulas, cavaleiros apanteles, etc. É indesejável destruir esses insetos no jardim.

Um local de plantio bem escolhido, cuidado adequado e poda oportuna permitirão que você obtenha uma excelente colheita de arbustos de framboesa remanescentes várias vezes por temporada.

Vídeo "Recursos de cuidar de framboesas remanescentes"

Neste vídeo, você também pode assistir a algumas dicas úteis sobre o cultivo de variedades remanescentes de framboesas.


Cuidado da framboesa para uma boa colheita: informações completas

O artigo descreve em detalhes quais devem ser os cuidados com as framboesas para uma boa colheita. Na primavera, verão, outono e inverno: características de regar, alimentar, podar arbustos e suas variedades remanescentes.

Como cultivar framboesas para obter uma grande colheita desta baga saborosa e aromática? Muitos jardineiros estão fazendo essa pergunta. Esta planta gosta muito de calor e luz, mas nem todos sabem como cuidar dela. Embora a primeira coisa a se obter uma baga grande e saborosa seja escolher a variedade certa. Mas qual, já depende da sua área. Além disso, é necessário regar adequadamente as framboesas, cortá-las, fertilizar e fertilizar. Tudo isso é muito importante para o cultivo adequado e a obtenção de uma rica colheita. Além disso, as framboesas são comuns e remanescentes, e seus cuidados na primavera, verão e outono são visivelmente diferentes.


4. Afrouxe o solo sob os arbustos

Se você não cobriu sua framboesa na primavera, não negligencie esse procedimento. Afinal, o afrouxamento regular melhora o acesso de oxigênio às raízes das plantas, promove o desenvolvimento de microflora benéfica no solo e melhor retenção de umidade.

No total, 4-6 afrouxamentos devem ser realizados durante a temporada. O primeiro - no início da primavera, antes de brotar nos brotos, e os subsequentes - conforme necessário, quando você vê que uma crosta se formou na superfície do solo ou surgiram ervas daninhas. Faça o último afrouxamento do solo no final do outono, após ondas de frio significativas. Esta técnica ajudará a destruir algumas das pragas que hibernam no solo.

Para não danificar as raízes, afrouxe o solo sob os arbustos remanescentes de framboesa a uma profundidade de não mais de 8 cm. Nos corredores, o afrouxamento pode ser mais profundo, mas não mais de 15 cm.


Como as framboesas remanescentes se reproduzem

O material de plantio de alta qualidade de sua variedade favorita pode ser adquirido não apenas em viveiros especializados. Você pode obter mudas por conta própria, sem problemas e custos, se as framboesas remanescentes varietais estiverem crescendo no jardim há vários anos. A reprodução e o cuidado do material de plantio estão disponíveis para qualquer jardineiro. Existem várias maneiras de obter mudas. Você pode dominar um ou mais desses métodos. Para isso, são utilizados rebentos de raiz. Você também pode obter mudas dividindo o arbusto. A melhor época para o plantio de material de plantio é a segunda década de setembro ou início da primavera.

Um dos métodos de obtenção de material de plantio é dividir o arbusto principal. Usando este método, até dez brotos são deixados no arbusto. Os rebentos longos são encurtados e os tocos velhos são removidos. As mudas são plantadas na primavera, antes que os botões desabrochem nas plantas.

As camadas de raízes são colhidas no outono. Têm um sistema radicular bem desenvolvido, bem como botões ou rudimentos a partir dos quais se desenvolverão os rebentos. A parte aérea da muda é encurtada para trinta centímetros, o sistema radicular é aparado.

As estacas das raízes também são uma das formas de propagação das framboesas remanescentes. A reprodução e o cuidado consistem em cortar as raízes da planta formada em estacas separadas de até quinze centímetros de comprimento. O material de plantio preparado é jogado nas ranhuras e polvilhado com solo fértil. Eles são regados regularmente. O material de plantio obtido por este método pode ser plantado imediatamente ou usado para o plantio na próxima safra.


Assista o vídeo: a melhor época para plantar e podar a framboesa


Artigo Anterior

Ariocarpus retusus subsp. trigonus (Star Rock)

Próximo Artigo

5 híbridos de pepinos que plantarei este ano sem hesitação