Como cuidar corretamente de orquídeas em um buquê


Sócios

Uma orquídea delicada fará as delícias dos olhos por muito tempo, se bem cuidada. Agora, essas plantas exóticas não são vendidas apenas em um vaso. Um buquê de orquídeas será um grande presente para um ente querido ou um ente querido. Não murchará em um vaso e manterá sua beleza original por muito tempo com o devido cuidado, e não é difícil.

Regras para cuidar de um buquê de orquídeas

Cuidar de flores de corte para um buquê é prevenir o desenvolvimento de bactérias e fungos. Esses microorganismos prejudiciais podem obstruir os vasos do caule e o buquê murchará rapidamente. Portanto, é importante saber como cuidar de suas orquídeas após a compra. Observe as seguintes regras:

  • primeiro, corte o excesso de folhas e caules com uma faca afiada. Retire as orquídeas da embalagem, enxágue os caules em água doce e corte 1 centímetro. A poda é feita a cada cinco dias para evitar o apodrecimento dos caules. Apare as hastes em água corrente ou diretamente em um vaso. Faça o corte reto ou ligeiramente oblíquo;
  • Coloque as flores em um vaso de água em temperatura ambiente. Troque a água todos os dias. As orquídeas têm medo de luz solar direta, calor e correntes de ar fortes. Não deve colocar o bouquet perto de radiadores de aquecimento e frutas frescas que emitem gases perigosos para a flor. A temperatura ambiente ideal é de 15 a 19 graus;
  • não toque nas pétalas com as mãos. O pólen é armazenado nos estames e pistilos; sem ele, as pétalas delicadas murcham;
  • orquídeas não devem ser pulverizadas. Isso também se aplica a buquês e plantas em um vaso. Manchas escuras aparecerão nas pétalas delicadas devido ao excesso de umidade.

Com os devidos cuidados, a beleza de uma flor exótica pode ser admirada de duas semanas a um mês.

O que é adicionado a um vaso de orquídeas?

Várias substâncias são adicionadas aos vasos com buquês para evitar o aparecimento de bactérias. As flores vão durar mais. Você pode colocar uma pitada de açúcar em um vaso de orquídeas. Se as flores ficarem em água não tratada, adicione um comprimido de carvão ativado.

Outra opção é comprar um produto especial de flores cortadas na floricultura de Floris. O vendedor dirá que tipo de medicamento é adequado para a orquídea. Adicione de acordo com as instruções. A solução proporcionará ao bouquet delicado uma vida mais longa.

Tratamento de orquídeas em vasos

É importante saber cuidar corretamente de orquídeas em vaso. Em condições confortáveis, a flor permanece em pé por muitos anos. Após o armazenamento, coloque-o em quarentena para se adaptar às novas condições. Separe o vaso das outras plantas por duas semanas e longe do sol. Olhe as folhas. Isso ajudará a identificar possíveis pragas a tempo e evitar sua reprodução. Após a quarentena, acostume gradualmente a orquídea ao sol na janela. Não há necessidade de alimentar e regar a planta durante a quarentena.

A secagem é melhor para as orquídeas do que o excesso de umidade. Regue somente depois que a terra na panela estiver seca. Basta "regar" a flor uma vez por semana com água sedimentada ou fervida. A rega é a seguinte:

  • coloque o vaso de orquídea em outro recipiente com água morna por meia hora. Em seguida, coloque a flor de volta no vaso decorativo;
  • a segunda opção - regue intensamente a planta em uma panela com água morna do chuveiro. A terra ficará molhada, a água sairá pelos orifícios de drenagem. Depois de regar, coloque a flor em uma gradinha especial. Quando toda a água for drenada, coloque a orquídea em um vaso decorativo.

Durante a floração, a planta não precisa de muita luz. A luz solar direta é inaceitável, coloque em uma janela onde não haja muito sol ou mova o vaso de flores para o fundo da sala. Durante a floração, é necessária mais rega. Flores desabrochando não podem ser transplantadas.

Para o bom desenvolvimento da orquídea, é necessária alimentação regular com fertilizantes especiais em pequenas quantidades. Nas floriculturas, os fertilizantes são vendidos especificamente para essas plantas. Fertilize uma vez a cada três semanas, não mais.

Sujeito às regras acima, um buquê de orquídeas ou uma flor delicada em um vaso ficará ainda mais bonito e forte. A beleza exótica irá encantá-lo com sua ternura e beleza por muito tempo.


Como cuidar de orquídeas em casa em um vaso para iniciantes

A orquídea é considerada uma das flores mais belas e fascinantes do planeta. A variedade de seus tipos, formas e cores é simplesmente impressionante. Muitos floricultores querem se tornar proprietários de uma planta, sem saber nem mesmo que cuidados uma orquídea precisa, como propagá-la e transplantá-la adequadamente. A planta de casa tem um caule bastante delgado e uma flor brilhante e vistosa. Para conseguir tanta beleza, é preciso experimentar um pouco. Este artigo irá mostrar como cuidar de orquídeas em casa em um vaso para iniciantespara obter um bom resultado.


Como cuidar de uma orquídea em vaso

Então você trouxe uma orquídea para casa e comprou um lindo vaso para ela. Em que tipo de solo deve ser plantada esta planta para garantir a sua floração e desenvolvimento normais?

Quero observar que, ao plantar, a tarefa principal deve ser reduzida a apoiar a flor verticalmente e manter um mínimo de umidade ao redor das raízes para que o ar possa passar livremente para as raízes. Portanto, o solo do jardim é completamente excluído como solo; uma mistura de musgo, carvão, cortiça, argila em grânulos é adequada aqui.

Uma boa adição seria de casca e areia grossa, à qual perlita, fibra natural, é adicionada. Este é o tipo de solo incomum que uma orquídea em um vaso requer.

Como cuidar de uma planta tão exigente na composição do solo? Da minha própria experiência, quero observar que, em primeiro lugar, o substrato deve estar bem amassado e, em segundo lugar, deve-se adicionar um pouco de terra comum, além de um pouco de folhas secas amassadas. Nesse tipo de solo, as substâncias úteis serão retidas e a umidade será ligeiramente retida, o suficiente entre as regas.

Você se apressou um pouco em um vaso lindo, bom, nada, vai ser útil para outra flor. E plante melhor a orquídea em um recipiente plástico com muitos orifícios, e não só por baixo, mas também pela lateral.

Para não ver tamanha feiura, coloque a vasilha em uma linda floreira e pendure na parede. Você pode colocá-lo na cesta ou grade original e, em seguida, deixar sua imaginação trabalhar.

Para não formar um substrato de solo de composição complexa, aconselho que compre já pronto em uma floricultura.

Um dos requisitos básicos para o cuidado de orquídeas em vasos é a iluminação adequada. A partir disso, pode-se dizer, dependerá se ela florescerá ou não. É importante encontrar aqui um meio termo, porque com falta de luz não ocorrerá um ciclo normal de crescimento e com excesso a flor pode queimar. Um indicador da iluminação normal de uma orquídea em um vaso são suas folhas.

Com os devidos cuidados, eles serão avermelhados ou verdes brilhantes, claros. Se não houver iluminação suficiente, a folhagem será verde escura e a orquídea não desabrochará com suas flores maravilhosas. Se, ao contrário, a iluminação for excessiva, seca e talvez apareçam manchas marrons nas folhas, as folhas ficarão amarelas.

Existem ainda muitas condições para o bom cuidado de uma orquídea em vaso, tendo estudado qual, você poderá apreciar a delicada cor exuberante desta planta incrível.


Como cuidar de orquídeas

Aprenda a cuidar bem das orquídeas para que estas flores o encantem por muito tempo.

Como você deve cuidar de sua orquídea? Esta pergunta é do interesse dos fãs de uma flor incrível que desejam admirar o visual elegante e saudável da orquídea pelo maior tempo possível. Por alguma razão, uma orquídea é chamada de flor enjoada. Este não é absolutamente o caso. É que muita gente não sabe cuidar dele. A Ivona convida você a aprender tudo sobre orquídeas.

Cuidados com a orquídea: o que você precisa saber sobre a flor

As orquídeas (família Orchid, Latin Orchidaceae) são a maior família monocotiledônea, com cerca de 750 gêneros e até 25 mil espécies, segundo algumas fontes - até 800 gêneros e 35 mil espécies, o que é quase 10% de todas as plantas do mundo . Hoje em dia, as orquídeas são encontradas em todos os continentes, exceto na Antártica. Distribuído em quase todas as áreas da terra adequadas para habitação de plantas. A maioria está concentrada em latitudes tropicais.

O nome orquídea vem da palavra grega "orchis", que significa "ovo". Uma das plantas mais famosas da família das orquídeas é a Vanilla planifolia, da qual é feita a baunilha. As orquídeas não têm dupla fecundação, principal aquisição das plantas com flores. Essas belas flores podem ser tão grandes quanto musgo e podem crescer até 2 metros de altura.

As orquídeas têm um estilo de vida muito estranho. A maioria das espécies tropicais cresce em árvores, usando-as como suporte e troncos de escalada acima do solo na luta pela luz. Outros se assentam em rochas íngremes, penetrando com suas raízes nas fendas entre as pedras, onde se acumulam umidade e restos de plantas em decomposição. Algumas orquídeas australianas geralmente levam um estilo de vida subterrâneo, elas nunca germinam acima da superfície da terra, até mesmo suas flores são polinizadas por insetos subterrâneos.

As orquídeas nunca davam paz às pessoas, sua beleza por algum motivo era considerada cruel. Muitas lendas misteriosas estão associadas a eles. Ainda hoje, alguns ainda acreditam que existem orquídeas predadoras em algum lugar nas profundezas dos trópicos, que comem não apenas animais, mas também atacam pessoas. É verdade que, na verdade, existem várias orquídeas que se alimentam de pequenos mosquitos e aranhas que caíram em suas flores.

Por que é considerado que é necessário atender às necessidades crescentes de cuidados com as orquídeas? Em primeiro lugar, porque necessitam de uma humidade bastante elevada. As orquídeas não toleram o ar seco e empoeirado. Mesmo pulverizando 2 a 3 vezes, a umidade aumenta apenas temporariamente. É melhor cultivar orquídeas em estufas internas.

Todos os tipos de orquídeas, apesar dos requisitos gerais de cuidado, podem diferir na facilidade de cultivo. Existem orquídeas muito caprichosas, mas, o que é muito agradável, há muitas espécies que podem ser facilmente mantidas em casa e feitas para florescer. Além disso, a dormência é muito importante para as orquídeas. Siga nossas dicas para cuidar das orquídeas e curtir as lindas plantas em casa.

Como cuidar de orquídeas corretamente - localização

Em um aquário especial ou em uma janela ensolarada. Ar úmido e quente. Uma diminuição prolongada da temperatura média diária para + 15-16 graus pode provocar uma floração prematura. Em uma planta jovem e fraca, é melhor cortar o pedúnculo. As orquídeas são plantadas em vasos de barro ou plástico, ou em caixas com orifícios no fundo, ou melhor, nas paredes.

Como cuidar de orquídeas - regar

É aconselhável regar as plantas com água fervida ou destilada e borrifar com água da chuva destilada ou pura (neve), pois os sais da água dura se depositam nas folhas, formando uma camada esbranquiçada com o tempo. Você pode alimentar as orquídeas ao mesmo tempo que rega.

Como cuidar de uma orquídea - iluminação

As orquídeas crescem bem sob lâmpadas fluorescentes, que devem ficar a cerca de 30 cm das plantas e brilhar por 11 a 12 horas. A iluminação ideal é determinada empiricamente. Se as folhas estão fortemente levantadas ou abaixadas, e os entrenós são encurtados, então há muita luz. Entrenós longos e finos, menores do que deveriam, as folhas indicam falta dele. Um aquário com orquídeas pode ser mantido em uma janela apagada, mas quente.

Como cuidar adequadamente de uma orquídea - umidade do ar

As orquídeas requerem umidade do ar muito alta, enquanto em salas com aquecimento central no inverno ou verão quente, mesmo 2-3 pulverizações não ajudarão. Embora periodicamente as orquídeas precisem ser pulverizadas por razões de higiene. As orquídeas não são pulverizadas se estiverem ao sol, mas durante a floração são pulverizadas para que a água não caia sobre as flores. O melhor é borrifar orquídeas pela manhã ou depois do almoço, você pode borrifar à noite se os vasos de orquídeas não estiverem na sacada ou varanda.

A alta umidade do ar é a condição principal e muito importante para a manutenção de orquídeas. A umidade do ar é aumentada mantendo as orquídeas em estufas internas, estufas, cultivando-as em um aquário ou perto de um aquário, ou um terrário com água. Os vasos de orquídeas podem ser colocados em uma bandeja com seixos e água. Você pode usar uma panela para gatos em vez de um palete, então seixos ou seixos não são necessários, pois há uma grade.

Orquídeas e Feng Shui

Você pode se distrair dos problemas cotidianos e encontrar objetivos espirituais na vida se orquídeas e ciprestes crescerem nas proximidades. As orquídeas inspiram e estimulam a criatividade, ajudam a sair da depressão. Orquídeas vermelho-escuras afugentam a preguiça e a apatia.


Você foi presenteado com um vaso com uma linda flor de orquídea exótica, e você não sabe como cuidar dela, precisa de alimentação? As orquídeas crescem bem sem subcórtex, mas você ainda pode usá-lo durante o crescimento da planta. Isso é feito a cada 20 dias, com o auxílio de fertilizantes minerais, que são diluídos em água. Os fertilizantes podem ser adquiridos nas lojas (primer para orquídeas).

Você não precisa fertilizar durante o período de dormência. Os mais adequados são - "Bona Forte", "Pocon". Fertilize de acordo com as instruções, não exagere. A planta não tolera grandes acúmulos de sais minerais e pode morrer.

Veja também: prímula de interior - como cuidar de uma flor maravilhosa?


Aumento da umidade e pulverização

Para uma orquídea, alta umidade do ar e irrigação uniforme são importantes. A maioria deles tem folhas simples com bordas inteiras, e muitas epífitas têm folhas coriáceas. As orquídeas, que vêm de habitats constantemente úmidos, têm folhas mais finas. Freqüentemente, as folhas, como os bulbos, acumulam umidade e nutrientes.

Há muitas maneiras de aumentar a umidade - desde cascalho regularmente umedecido em um estrado até a construção de uma divisória de vidro ou plástico perto da janela, sem mencionar uma estufa ou florário doméstico. Em qualquer caso, será útil colocar recipientes abertos com água ao lado das orquídeas, usar umidificadores de ar especiais e fazer pulverizações diárias.

Mesmo assim, os especialistas enfatizam que a pulverização tem seus prós e contras. As desvantagens incluem a curta duração do efeito e a criação de condições favoráveis ​​para o desenvolvimento e disseminação de infecções. Ao pulverizar, a água não deve entrar em contato com as flores. É melhor pulverizar de manhã, para que tenham tempo de secar completamente à noite. Gotículas de água que permanecem nas folhas, pseudobulbos, antes de uma noite fria podem causar decomposição.

A umidade ideal do ar durante o tratamento é considerada de 60-70%. Para manter um nível de umidade constante, você pode usar um umidificador doméstico, ou manter a planta em uma estufa especial, embora o uso de mini-estufas nem sempre seja justificado. O ar deve ser fresco e não estagnado. Em qualquer caso, é necessário monitorá-los com muito cuidado, principalmente para proteger a planta do superaquecimento do sol.

Existe outra maneira bastante simples de manter um microclima úmido ao redor das plantas. Se você separar a janela com uma tela, plástico transparente, filme, pelo menos uma cortina de tule, e também isolar o radiador que passa sob o peitoril da janela com uma tábua larga, o ar úmido ficará mais tempo em volta das plantas.


Assista o vídeo: Como fazer buquê de noiva com Orquídeas Phalenopolis


Artigo Anterior

Como cultivar vegetais em uma pilha de compostagem

Próximo Artigo

Horta no terraço